Cigarro Eletrônico Faz Mal?

cigarro eletrônico faz mal? Essa é a pergunta de 1 milhão de dolares. O cigarro eletrônico foi feito para quem fuma o cigarro convencional e quer largar o vício mas não consegue. A nicotina usada no cigarro convencional (de papel) é muito concentrada, e para que o usuário consiga tragar, foram adicionadas várias substâncias químicas para que o mesmo pudesse ser tragado sem machucar a garganta. O cigarro convencional não é formado apenas pela nicotina, mas sim também pelo alcatrão e pelo monóxido de carbono, e esse é o motivo para ficar em alerta, pois o alcatrão é uma mistura complexa de muitos compostos maléficos à saúde, com mais de 4 mil substrâncias químicas, e o monóxido de carbono que é um gás originado de uma queima de vários químicos responsáveis por promover asfixia e está altamente relacionado à várias doenças cardiovasculares, respiratórias e cancerígenas.

 

Para o consumidor do cigarro convencional ter acesso à nicotina, deve ser feita a combustão do material, causando a inalação de várias outras substâncias pesadas ao corpo, além dos inúmeros conservantes que são adicionados em seus produtos, agravando ainda mais a chance do usuário viciar.

 

E tem mais, o cigarro não só ocasiona problemas pulmonares, como também causa mal hálito, debilita o sistema imunológico, causa derrames e ataques cardíacos, inflama a gengiva, amarela os dentes, diminui o paladar, entre vários outros problemas que muitos já ouviram falar. E além dos problemas de saúde, o cigarro convencional causa problemas nas relações interpessoais, já que sua fumaça tem um péssimo odor, e, com isso, muitas pessoas tendem a se afastar de pessoas que fazem seu uso, pois cabelos e roupas são contaminadas por esse forte odor. E apesar de não fumar diretamente, existe o fumante passivo, que por mais que não façam uso do cigarro, podem sofrer com efeitos negativos do tabaco por estar inalando a fumaça indiretamente.


cigarro eletrônico faz mal
 
Entenderemos agora se o cigarro eletrôncio faz mal à saúde. O cigarro eletrônico, também conhecido como vaporizador, vape, e-cig, é um produto que não realiza a combustão (ou queima) do tabaco e a produção de fumaça, mas sim a produção de vapor, que é muito menos prejudicial. E falando em nicotina, o usuário terá acesso atrávés de um líquido que chamam de essência, ou até mesmo juice, e-liquid, que são feitos com a mistura apenas de Glicerina Vegetal (Presente em vários alimentos) e Proprilenoglicol (Usado para incluir sabores ao líquido) e nicotina pura, deixando assim de existem todas aquelas 4 mil substâncias nocívas à saude.
 
 
Os líquidos são vendidos com diferentes dosagens de nicotina, no qual o usuário pode ir diminuindo até chegar aos líquidos que possuem 0mg de nicotina. Já é provado que a nicotina não causa cancêr, e o que causa são as substâncias químicas presentes nos cigarros convencionais. Ainda é cedo para falarmos se realmente não faz mal a saúde, mas existem várias pesquisas ciêntificas que estão provando que o cigarro eletrôncio é 95% menos prejudicial a saúde.
 
cigarro eletrônico faz mal
 
 
Pesquisas:
 
Efeito da abstinência e redução do tabagismo em fumantes asmáticos que mudam para cigarros eletrônicos: evidências de reversão de danos.
 
 
Exposição à nicotina e a substâncias tóxicas selecionadas em fumantes que mudaram para cigarros eletrônicos: um estudo observacional longitudinal entre sujeitos.
 
 
 
 
 
            
 
Sobre a loja

Melhor preço do Brasil com atendimento personalizado: ajudamos nossos clientes com todas as dúvidas antes e depois de efetuar a compra de vaporizadores, pod system e juices.

Social
Pague com
  • Mercado Pago
Selos
  • Site Seguro

Vaporizador Pro - CPF: 393.060.068-45 © Todos os direitos reservados. 2021

Conversar pelo WhatsApp